,

SEIS NOVIÇOS REALIZAM PRIMEIRA PROFISSÃO RELIGIOSA NO DIA DE SANTA MARIA DA PORCIÚNCULA

O Noviciado, com o qual começa a vida na Ordem, é um período de formação mais intensa e tem o objetivo de fazer que os noviços conheçam e experimentem a forma de vida de São Francisco […]” (CCGG, art. 152)

Concluído o período de vivência do Noviciado na Ordem dos Frades Menores, seis jovens noviços: Frei Clodoaldo, Frei Hélio, Frei Felipe, Frei Vinilson, Frei Airton e Frei Vinícius, chegaram ao dia tão esperado da primeira profissão religiosa na Ordem Franciscana, onde cada um deles fez voto de viver por um ano em obediência, sem nada de próprio e em castidade. A celebração dos votos temporários aconteceu no Convento Santo Antônio em Lagoa Seca-PB, no dia 2 de agosto de 2020, dia em que a Família Franciscana celebra a Solenidade de Santa Maria dos Anjos da Porciúncula.

Essa turma que professou os votos vivenciou o noviciado de modo comum entre as Províncias de Santo Antônio do Brasil e Nossa Senhora da Assunção, ambas presentes no Nordeste do Brasil.

Por conta da pandemia do novo coronavírus, a celebração contou com a participação reduzida de pessoas: os ministros provinciais das entidades envolvidas, Frei João Amilton dos Santos (Provincial da Província Franciscana de Santo Antônio do Brasil) e Frei Antônio Pacheco Ramos (Provincial da Província Nossa Senhora da Assunção), alguns confrades vindos da Província de Nossa Senhora da Assunção, outros da Província de Santo Antônio, duas irmãs Clarissas, algumas Irmãs Damas da Instrução Cristã, alguns familiares dos professandos e pessoas da comunidade de Lagoa Seca.

Realizada a primeira profissão religiosa, se inicia um novo período formativo que tem o objetivo de conduzir o jovem frade a amadurecer sua opção vocacional. Por isso, os neoprofessos foram enviados às suas novas fraternidades, onde iniciarão os estudos acadêmicos.

Rezemos pelo discernimento e caminhada de cada um desses nossos irmãos menores.

Frei Artur Medeiros, OFM