,

FREI ARTUR BRUNO PROFESSA OS VOTOS SOLENES NA ORDEM DOS FRADES MENORES

A profissão solene é a opção de consagração perpétua e empenho radical que qualifica todas as dimensões da vida do religioso. Aquele que emite a profissão solene realiza, publicamente, na Igreja a doação total de si a Deus Trindade numa Ordem, Congregação ou Instituto. Foi neste espírito de entrega total e definitiva que, no último dia 12 de outubro, Frei Artur Bruno Secundino Medeiros, OFM realizou sua profissão perpétua na Ordem dos Frades Menores.

A celebração aconteceu permeada por um clima orante e devoto, no dia em que a Igreja no Brasil celebrava a Solenidade de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, Padroeira do Brasil. Esta celebração aconteceu na Paróquia Nossa Senhora das Dores em Fortaleza – CE, às 17h, e contou com a presença de familiares, amigos do professando, convidados vindos das cidades por onde Frei Artur residiu: São Francisco do Conde – BA, Penedo – AL, Olinda – PE e Salvador – BA. Contou ainda com a presença de confrades vindos de várias partes da Província Franciscana de Santo Antônio, confrades capuchinhos da PROCEPI (Província São Francisco das Chagas do Ceará e Piauí), da PROBASE (Província Nossa Senhora da Piedade da Bahia e Sergipe), seminaristas que estudam com Frei Artur, padres diocesanos, religiosas de diversas Ordens e Congregações, e os paroquianos da Paróquia Nossa Senhora das Dores.

Vale ressaltar aqui a emoção vivenciada por nosso confrade que durante toda a celebração transpareceu um semblante de tranquilidade e vivência deste momento forte de sua vida, que também se torna momento forte na vida de toda a Ordem e de sua Província. Retomamos aqui as palavras do Ministro Provincial, Frei João Amilton dos Santos, que na homilia à luz da Palavra de Deus desta celebração, destacou a atitude de doação da Bem-aventurada Virgem Maria, que se torna para cada religioso o modelo de entrega ao projeto de Deus.

Frei Artur no momento dos agradecimentos, agradeceu a Deus por todas as ocasiões de cuidado que teve e tem para com ele. Agradeceu por seu chamado vocacional, pela presença de sua família que acolhe sua decisão, e todos os amigos e amigas que se faziam presentes e que rezam por ele. Ao agradecer a Província, por tê-lo acolhido e formado nesta período de formação inicial, Frei Artur não quis agradecer apenas na pessoa do ministro provincial. Ele agradeceu a todos os confrades (especialmente seus formadores) que o ajudaram diretamente em todas as etapas formativas, desde o Aspirantado (período de encontros vocacionais), passando pelo Postulantado, Noviciado e concluindo com o período de Profissão Temporária. Agradeceu por fim a sua atual fraternidade e a Paróquia por toda ajuda e empenho na organização desta celebração.

Pedimos a Deus que abençoe a vocação de nosso confrade, dando-lhe força e ânimo para continuar sua caminhada, e que o Senhor da Messe e Pastor do rebanho continue a chamar vocações para manter a vida e missão dos frades franciscanos no nordeste do Brasil, e em todo o mundo!

Veja as fotos clicando abaixo:

Fotos da Profissão