,

FREI ADRIANO FERREIRA É ORDENADO PRESBÍTERO EM PARANATAMA/PE

Ainda que em meio às restrições por conta da pandemia, há razões para celebrar e festejar. Foi com bastante alegria que no dia 07 de junho de 2020 Frei Adriano Ferreira da Silva foi admitido ao sacramento da Ordem no grau do Presbiterato na Paróquia São Luiz Gonzaga de Paranatama-PE, sua comunidade eclesial de origem.

Por conta das medidas sanitárias e de distanciamento social, a Celebração Eucarística na qual Frei Adriano foi ordenado aconteceu com o número reduzido de pessoas, contou apenas com a presença de duas irmãs suas, dois confrades e um pequeno corpo celebrativo e litúrgico.

O bispo ordenante, Dom Paulo Jackson, Bispo da Diocese de Garanhuns-PE, na sua reflexão destacou três pontos essenciais: Adoração e Fé, Unidade e Pluralidade e Paternidade e Filiação para relacionar o Mistério da Santíssima Trindade com a solenidade da Ordenação Presbiteral do Frei Adriano.

Sobre a Adoração e Fé, entre as palavras ditas, o bispo expressou que o presbítero precisa ser uma pessoa adoradora, temente a Deus e que sempre busca alimentar a fé, adoração e oração por meio dos quais a missão religiosa e presbiteral jamais se tornará exaustiva, cansada e enfadonha, isso seria fruto de uma fé inautêntica.

Sobre Unidade e Pluralidade, ele disse que a vida religiosa é plural assim como a Trindade é plural, mas se vincula no Amor que é a expressão máxima da Unidade. Assim, o bispo convidou Frei Adriano a contemplar o coração da Trindade que é mistério de tri-unidade onde reside a comunhão e concórdia que os une e que nos une no Seu mistério.

Sobre a Paternidade e Filiação, Dom Paulo disse que atualmente há uma crise de paternidade mas o padre é chamado a ser pai, a ser fecundo mas isso requer espírito de docilidade.

Ao final, Frei João Amilton emitiu palavras de acolhida ao neo-presbítero e gratidão ao bispo que aceitou ordenar Frei Adriano.

Frei Adriano, por sua vez, agradeceu ao Bispo, ao Provincial, ao padre da Paróquia de Paranatama-PE e aos demais presentes. Emocionado, o frade neo-presbítero, recordou seus pais e Frei Juvenal Bonfim, já falecidos, e a comunidade do Sítio Cruz onde aconteceu o seu despertar vocacional. Finalizando disse que “A palavra aquece o coração e a Eucaristia nos leva a missão” e pediu forças a Deus e a oração dos presentes para ele não trair os ideais franciscanos, que estão ancorados no evangelho.

Veja algumas fotos:

Caso tenha interesse em ver como foi a ordenação é só clicar no link a seguir: ORDENAÇÃO PRESBITERAL DO FREI ADRIANO FERREIRA, OFM.

Paz e bem.

 

Comunicação Provincial