,

O MINISTRO GERAL RETORNA ÀS ATIVIDADES NA CÚRIA GERAL

Frei Michael Perry, Ministro Geral da Ordem dos Frades Menores, após alguns meses de recuperação por ocasião do acidente sofrido nos Estados Unidos durante o período de férias, retornou a Roma e ao exercício das atividades no generalato. Ele escreveu uma carta informando sobre o seu retorno, conforme se pode ler abaixo:

 

Meus queridos irmãos,

O Senhor vos dê sua paz!

Por meio dessa carta gostaria de confirmar as informações sobre meu retorno à Cúria Geral. É bom estar de volta “em casa” e continuar com os deveres que me foram confiados pelo Senhor e por vós, meus irmãos.

Durante o período da minha reabilitação, senti fortemente vossa presença perto de mim, meus irmãos, que constantemente rezaram pela minha recuperação. Agradeço aos irmãos da Cúria Geral e a todos que se acercaram através de e-mails, cartas e visitas fraternas. Receio não ter respondido a todos que me escreveram. Peço que aceiteis esta nota como um sinal de minha gratidão por vosso carinho e estima em relação a minha pessoa.

Gostaria também de agradecer às Damas Pobres (Clarissas), às Concepcionistas e aos membros da Família Franciscana pelo apoio na oração. Que Deus abençoe todos e cada um de vós por responder à vocação evangélica à qual foram chamados.

Um agradecimento especial a fr. Julio César Bunader, Vigário Geral da Ordem, que junto com o Definitório geral guiou a Ordem durante minha ausência. Que Deus os abençoe e sempre fortaleça nossa colaboração e comunhão a serviço da Ordem.

Os médicos de Chicago fizeram um excelente trabalho ao juntar os pedaços dos meus ossos. Agora, por um tempo eu vou andar com uma bengala. Pude caminhar até três horas seguidas, exercitando e esticando os músculos da perna esquerda que foram os mais afetados pelo impacto do acidente na bicicleta. Espero logo poder andar sem ajuda e, eventualmente, andar de bicicleta novamente.

Sim, eu sei, pode parecer “loucura”.

O tempo da reabilitação me deu a oportunidade de refletir sobre minha própria vida e vocação, sobre a vida dos irmãos da Ordem, da Igreja e do mundo, e para me fazer perguntas sobre para onde estamos indo como um grupo de Frades Menores em tempos que mudam radicalmente. Pude reunir-me com vários frades, um biblista e um teólogo, a fim de começar a elaborar um plano para a preparação do que é chamado de “Relatório do Ministro Geral aos Irmãos da Ordem”. Espero que este relatório, que pretendo enviar à Ordem no final de novembro de 2020, cause séria reflexão, análise, discussão e o surgimento de idéias e propostas concretas que nos ajudarão a nos preparar para abraçar o futuro com inteligência, coragem, esperança e alegria, no espírito do Laudato si’. Como podem intuir, trata-se de refletir sobre uma visão ecológica integral e em relação a Deus, aos irmãos, a toda a humanidade e ao universo criado. Para fazer isso, peço a todos os irmãos da Ordem que continuem estudando e dialogando sobre os materiais contidos nos vários documentos que foram produzidos durante esses últimos quase cinco anos, especialmente no Documento Final do Conselho Plenário de 2018, que ocorreu em Nairobi, Quênia.

Que Deus os abençoe, meus irmãos, enquanto vos esforçais todos os dias para viver em profunda amizade com Deus expressando de maneira simples e concreta o seu compromisso com os valores da fraternidade e da missão enquanto vós – como nós – sonhais juntos o “sonho que Deus” tem para o futuro da Ordem dos Frades Menores.

Roma, 27 de janeiro de 2020

Fraternalmente seu em Cristo e São Francisco,

Ir. Michael A. Perry, OFM

Ministro Geral e Servo