,

PENEDO E RIO VIVOS: VEJA O QUE ACONTECEU NO SEGUNDO DIA DESSA MOBILIZAÇÃO

No dia 22 de março, dia em que comemoramos o dia mundial da água, demos sequência as atividades programadas no Evento Penedo e Rio Vivos que está acontecendo na cidade de Penedo – AL. Foi um dia bem intenso de conscientização, visitas a escolas, presença junto as crianças do Instituto Salesiano Maria Auxiliadora, filmes e debates. Tudo na perspectiva de mobilizar a sociedade para lutar pelo bem mais precioso existente nas cidades banhadas pelo “Velho Chico”.
Pela manhã a visita foi a escola Estadual Comendador José da Silva Peixoto, onde se reuniram algumas turmas do ensino médio. Na perspectiva de gerar mais consciência ecológica para o cuidado com a água do Rio, a JUFRA falou mais de forma técnica sobre a atual situação da água em nossa cidade, afirmando o processo de chegada da água até o rio, e alertando que um rio contaminado pode transmitir sua contaminação também pelo ar, no processo de evaporação. Por isso a preocupação com a realidade da água contaminada do Rio Paraopeba, principal abastecedor do Rio São Francisco e que recentemente foi provada sua morte por meio dos rejeitos que recentemente o contaminaram por meio do crime ambiental da VALE. Um dos alunos afirmou que o Rio São Francisco é uma das principais fontes de renda para muitos na cidade e “Se nós não preservarmos vamos ficar sem fonte de renda, já que na cidade não existe outra fonte de renda e muitos jovens já migram para outras regiões do Brasil por falta de emprego em nossa região.”
A tarde o momento aconteceu no Instituto Salesiano Nossa Senhora Auxiliadora, onde as crianças e adolescentes assistidos pelas obras sociais salesianas, puderam ouvir e partilhar um pouco sobre a realidade do rio São Francisco. Foi interessante perceber o quanto eles sabem da realidade, e o quanto já demonstram preocupação com a atual situação. Em um segundo momento foram divididos em grupos para encenar a importância da água para cidade. Nesse momento a criatividade foi diversa, de danças, peças, poesias… Tudo para externar o quanto a água é necessária e precisa ser cuidada.
A noite houve no convento a exibição do filme Espelho D´água, onde algumas pessoas puderam, a partir do que o filme apresentava, debater e refletir sobre a realidade. Entre nós encontravam-se pessoas de outros estados e uma penedense residente em São Paulo afirmou que: “a preocupação com o Rio São Francisco não deve ser apenas dos ribeirinhos, mas o rio é patrimônio nacional e deve ser preocupação de todos os brasileiros, pois se o rio morre, todos vão sentir o impacto.” Uma outra pessoa destacou uma cena do filme, no qual um morador de Penedo pede ao fotógrafo protagonista que mostre a beleza do rio, mas que também mostre a destruição visível por baixo do espelho d’água. Um dos vereadores presente se comprometeu em assumir a causa ecológica como uma pauta de seu trabalho e luta na câmara.
Por fim, hoje 23 de março, haverá um momento orante pela água, na qual nos uniremos quanto pessoas preocupadas com a realidade para agradecer pela água e nos comprometer em cuidar e defender o nosso rio. A cada dia temos tido mais clareza de que em tempos de capitalismo, onde o lucro é mais importante do que a vida, precisamos ser resistência para de frente ser barreira contra tudo que ameaça a vida. Nos unamos em oração neste momento importante.

Paz e Bem! Asè! Awerê!

Frei Erick Ramon, OFM