,

MISSA DE DESPEDIDA DOS FRADES DA CIDADE DE CAIRU – BA

Testemunho de vida e gratidão, foram os sentimentos expressados pela comunidade cairuense na Celebração Eucarística que marcou o encerramento de nossa presença franciscana no município/arquipélago, já entregue aos cuidados da Diocese de Amargosa. A Celebração foi presidida pelo Vigário Provincial Frei Sergio Moura Rodrigues, OFM, às 19 horas na Igreja do Convento de Cairu.

Em sua homilia Frei Sergio enfatizou a importância do testemunho, onde o próprio Cristo é o exemplo para nós. As palavras do Filho de Deus não eram vazias, os que se aproximavam Dele se encantavam com a coerência de sua vida, que se tornou uma referência de salvação.  Falou também do testemunho de Santa Águeda que através da fidelidade ao Cristo preservou sua vida em Castidade, configurando-se ao Cristo. Com o exemplo de Santa Águeda exortou aos fiéis presentes que consumissem suas vidas diariamente em busca do amadurecimento da Fé, renunciando o que não é agradável a Deus, abraçando a Fé e sendo fiéis a vocação Cristã. Lembrou também a presença frutífera dos Franciscanos que passaram por Cairu e na pessoa de Frei Hilton Botelho, OFM, que sempre ajudou a comunidade cristã com seus conselhos, orações, acolhimento e atos de caridade, aliviando muitas vezes o fardo de tantas pessoas que chegavam ao convento.  Exortou ainda os fieis a caminharem com os olhos fixos em Jesus, “lembrem-se Deus está com vocês”. Agradeceu a acolhida do povo que desde o ano de 1650 acolheu os Frades neste município, agradeceu também os Frades que com espírito missionário se dedicaram a Evangelização da região, e ainda às autoridades locais que contribuíram com a Missão dos Frades. Encerrando a homilia pediu as orações do povo de Cairu  pelos Frades, e assegurou que  os Frades também estariam unidos em oração pela Igreja de Cairu.

Ao fim da celebração, as comunidades, movimentos e políticos locais expressaram sua gratidão pela presença dos Frades, principalmente o Frei Hilton, que ajudou muitas famílias em suas dificuldades e necessidades pessoais e espirituais, sendo para eles um pastor, exemplo de simplicidade e humildade. Finalmente Frei Hilton agradeceu a comunidade, com muita emoção. A santa Missa foi encerrada com a tradicional Bênção de Santo Antônio, seguida da despedida e cumprimentos de todos os participantes ao Frei Hilton, em sua despedida.

Frei Mendelson Branco da Silva, OFM