,

ENCONTRO ANUAL DOS FRADES JOVENS

Os Frades de votos simples da Província de Santo Antônio do Brasil participaram do Encontro anual dos Frades Jovens, que aconteceu de 20 – 22/07 na Fraternidade Nossa Senhora do Rosário em João Pessoa – PB.  O encontro anual é tempo favorável, dos Frades de Profissão Temporária que residem nas Fraternidades de Fortaleza – CE, Salvador – BA, assim como, os frades que estão vivendo a Experiência Fraterno-Missionária, partilharem a caminhada formativa que compreende os estudos acadêmicos, Missão e Vida Fraterna.

O encontro deste ano está com o seguinte tema: “Espiritualidade e Intimidade com Deus na vida Religiosa Franciscana Atual” que tem a assessoria de Frei Adriano Ferreira, OFM que reside na Fraternidade Nossa Senhora das Neves em Olinda – PE.

Inicialmente Frei Adriano convida a todos a falarem sobre o que seja Espiritualidade em seu conceito mais amplo deixando de lado, por enquanto, a particularidade da “Espiritualidade Franciscana”. As partilhas apresentaram elementos diversos sobre o conceito, por exemplo: Espiritualidade sendo algo que nos humaniza; Espiritualidade que perpassa todo nosso ser, integrando o homem como um todo, portanto, imbrica a vida enquanto experiência de libertação.

Continua o assessor: “Alguém que vivencia bem sua espiritualidade é uma pessoa tolerante, respeitosa, animada, pois sua Espiritualidade é espinha dorsal de sua vida cotidiana em todos os pormenores, ou seja, é o que nos motiva, é o que nos faz seguir em frente. E aquilo que nos motiva é o que nos dá força”. E conclui citando Leonardo Boff. “A Espiritualidade não fica apenas na mente, ela passa para o coração. É sentir Deus e não somente pensa-lo”.

Espiritualidade nos leva obrigatoriamente a um compromisso e transformação de vida. Integração e harmonia com as diferenças. Nesse sentido, Frei Diolindo Santos, OFM lembra a importância de nos deixarmos abrir para o respeito com as outras religiões enxergando-as como geradoras de paz e promotoras da Justiça Divina. A Espiritualidade nos leva ao diálogo sensível com o contexto em que vivemos, com o mundo atual e é justamente essa característica que a faz libertadora, porque dialoga e respeita, nunca anulando o ser diferente.

Na programação do encontro está previsto o lazer fraterno, espaço para confraternização e descanso dos participantes.

 

 

 Frei Marcondes Uchoa com

Informações da Ata Secretária do Encontro.