,

1º DIA DE ORAÇÃO PELA UNIDADE DOS CRISTÃOS

DIA 1

Amareis também o estrangeiro, porque fostes estrangeiros no Egito

 

Levítico 19, 33-34: Amarás o migrante como a ti mesmo.

Salmo 146:  O Senhor protege os migrantes

Hebreus 13, 1-3:  Alguns, sem saber, acolheram anjos

Mateus 25, 31-46:  Eu era estrangeiro e me acolhestes

 

Depois de se tornar a primeira república negra independente, o Haiti estendeu sua hospitalidade a outros povos escravizados em busca de liberdade. Tempos recentes têm trazido sérias dificuldades econômicas aos haitianos, muitos dos quais abandonaram seu lar, fazendo perigosas viagens na esperança de uma vida melhor. Em muitas situações se depararam com falta de hospitalidade e barreiras legais. O Conselho Caribenho de Igrejas tem se envolvido em questões legais para lidar com aquelas nações que estão restringindo ou negando aos haitianos seus direitos de cidadania.

 

Reflexão

A lembrança dos israelitas de terem sido estrangeiros na terra do Egito está na base da orientação da Lei que ensina o povo de Deus a acolher em seu meio os estrangeiros. Esperava-se que a memória do seu próprio exílio gerasse empatia e solidariedade com os contemporâneos exilados e estrangeiros. Como aconteceu com Israel, nossa experiência cristã comum da ação salvadora de Deus vem junto com lembranças de estranhamento e alienação – em relação a Deus e seu Reino. Esse tipo de memória cristã tem implicações éticas. Deus restaurou nossa dignidade em Cristo, e nos fez cidadãos do seu Reino, não por alguma coisa que tenhamos feito para merecê-lo mas por um dom gratuito de seu próprio amor. Somos chamados a fazer algo semelhante, livremente e motivados por amor. O amor cristão é amar como o Pai ama, isto é reconhecer e dar dignidade, e assim ajudar a trazer cura para a ferida família humana.

 

Oração

Deus eterno,
Não pertences a nenhuma cultura ou terra, mas és o Senhor de todos.
Tu nos chamas a acolher o estrangeiro em nosso meio.
Ajuda-nos por teu Espírito a viver como irmãos e irmãs,
acolhendo todos em teu nome, e vivendo na justiça do teu Reino.
Assim oramos em nome de Jesus.
Amém.

A mão direita de Deus está semeando em nossa terra,
Plantando sementes de liberdade, esperança e amor;
Nessas terras de tantos povos, que todas as crianças juntem as mãos
E se tornem UM na mão direita de Deus.